22 de fev de 2011

Sistemas Operacionais X Tipos de Rock



Mac Os – Metal Progressivo: Quem tem/faz se acha o tal, superior. Pode ser bonito e rápido, mas só poucos o aguentam.
Windows Vista – Black Metal: É muito pesado, e ninguém entende. Só os True aguentam por mais de 10 minutos. Coisa do demo.
Windows XP – Heavy Metal: No início ele era pesado e as pessoas  ficavam com o pé atrás, mas hoje todos têm em casa.
Windows 2000 – Rock Progressivo: Abriu novos caminhos, e o que se tem hoje se deve a ele.
Windows ME – Emo: É uma merda, mas tem gente que gosta.
Windows 98 – Hard Rock: Já teve seus anos dourados, e ainda é idolatrado por muitos, mas hoje ninguém mais o vê.
Windows 95 – Blues Rock: Revolucionou a história, mas ninguém se lembra dele.
Windows 1.0/2.0/3.0 – Love Metal: Existiu, mas ninguém viu.
Unix – Rockabilly: Já fez bastante sucesso em mil novecentos e guaraná com rolha, e hoje só se vê na aula de história
Ubuntu/Kurumin – Punk: Ideal para quem está começando.
Slackware – Power Metal: Para iniciantes é um sacrifício, para os avançados é uma beleza. Quem curte idolatra, quem odeia passa longe.
Solaris – Alternativo: Alguém estava cansado do que tinha no mercado e criou algo novo.
Red Hat – Thrash Metal: Também teve seus anos dourados. Apesar de não ser mais o mesmo, ainda hoje tem uma grande legião de fãs.
FreeBSD – Gótico; Muitos já ouviram falar, mas poucos viram um de verdade.
Windows 7 – Industrial: Parece bom, mas ainda é Windows.
Windows Server – New Metal: Quem usa parece ser o tal, mas cobra pra fazer a metade, do que a concorrência faz de graça.
Android – Hero Metal: Sem muitos instrumentos, faz melhor que muitos da concorrência

Copiado descaradamente de: Dicas em Geral
Faltou algum? Comente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário